.:XXVI CONACI:.

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Imprimir

XXV CONACI: O AMOR NO FUTURO E EXCLUSIVIDADE NOS
NEGÓCIOS IMÓBILIÁRIOS NUM FÓRUM SÓ PARA MULHERES

O amor da pré-história até os nossos dias e algumas pinceladas sobre o futuro. Essa é a proposta da psicanalista e escritora Regina Navarro Lins para sua palestra no IV Fórum da Mulher Corretora de Imóveis, evento que integra a 25ª edição do Congresso Nacional de Corretores de Imóveis (XXV Conaci), que a Fenaci e o Sindimóveis-AL promovem, de 4 a 7 de maio, em Maceió, Alagoas. O fórum especial para o público feminino se completa com a palestra da conselheira e diretora pedagógica do Creci 5ª Região (Goiás), Margoreth Alves de Castro Guimarães, que falará sobre exclusividade nos negócios com imóveis.

“Todo o meu trabalho é sobre relacionamento amoroso e sexual. Eu tenho 11 livros sobre esse tema. Nas palestras, com projeções no telão, mostro como o amor foi mudando da pré-história até hoje, passando por todos os períodos do Ocidente e mostrando como cada época nos afeta hoje. Por exemplo: o que hoje vivemos e que acontecia na idade média. A ideia é mostrar o que hoje as pessoas fazem, como vivem, em que aquilo de outros tempos está afetando, até chegar à atualidade, onde aponto as tendências para o futuro. Daí o título o ‘Amor: o futuro que se anuncia’”, adianta Regina, que ao final de sua apresentação costuma abrir espeço para um debate com a plateia.

IMPORTANTE É REFLETIR – A psicanalista, que há 40 anos trabalha com terapia individual, de grupo e de casal, é autora, entre outros livros do best-seller “A Cama na Varanda”. Em 2012 lançou “O Livro do Amor”, em dois volumes – Da Pré-História à Renascença e Do Iluminismo à Atualidade. Consultora e participante do programa Amor & Sexo, da TV Globo, mantém um blog no portal UOL e assina coluna semanal, aos domingos, no jornal “O Dia”, do Rio de Janeiro.
Para Regina o fundamental é que, a partir de suas palestras, “as pessoas reflitam sobre os valores afetivos, sobre as lições aprendidas, para poder viver melhor, porque, na verdade um número enorme de homens e mulheres sofrem por conta de seus desejos, fantasias, medos, culpas, frustrações”.

“Eu sempre digo que a maior fonte de sofrimento, tirando a miséria e a doença, são o amor e o sexo”, afirma a palestrante, frisando que a reflexão sobre o assunto serve para todas as profissões, pois se a pessoa está bem emocionalmente, principalmente nas relações familiares e  amorosas, ela se relaciona bem com os outros e produz muito melhor no trabalho.

TEMA PARA O DIA A DIA – Abrangente, o IV Fórum da Mulher Corretora de Imóveis não ficará restrito às questões de relacionamento, abordando também aspectos práticos do dia a dia da profissão, como é o caso da exclusividade.

Para tratar do assunto, os organizadores dos XXV Conaci convidaram Margoreth Alves de Castro Guimarães, especialista em operações imobiliárias pela Universidade Cândido de Rondom (Unirondom) e em Direito Imobiliário pela Universidade Católica de Uberlândia.

Graduada em gestão de negócios imobiliários e bacharelanda em direito pela Universidade Salgado de Oliveira, de Goiás, a diretora pedagógica do Creci de Goiás é autora do livro “Exclusividade nos Negócios Imobiliários”, que será o título de sua palestra.

TIME DE PRIMEIRA – Para coordenar o IV Fórum da Mulher Corretora de Imóveis, os organizadores do congresso escalaram um time de primeira: Eliene de Freitas Sousa, presidente do Sindimóveis/BA; Isaura Santos, diretora, tesoureira do Sciesp (Sindicato dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo); Lucimar Alves Elias, presidente do Sindimóveis/GO; Marly da Silveira Ferreira, presidente do Sindimóveis do município do Rio de Janeiro; Maria Cristina Chaul Barbosa, presidente do Sindimóveis/CE ; e Jane Picanço de Farias Lima, vice-presidente da Região Norte na atual diretoria da Fenaci.

Para Eliene de Freitas Sousa, presidente do Sindimóveis/BA, a importância do Fórum se dá “pela expectativa de ver as companheiras assumindo cargos e sindicatos, conselhos e confederações”.

“Esperamos, após a fala de Regina Navarro Lins, interagir com todas as participantes e debatermos, sobretudo, a mulher como corretora do mercado imobiliário e sua atuação na vida.  A mulher está  ocupando cargos, mas ainda está muito carente nos partidos políticos encabeçando chapas”, afirma Eliene, que está seu segundo mandato à frente do Sindimóveis-BA e exerce pela primeira a 2ª vice-presidência da Fenaci.

Isa Santos, diretora-tesoureira do Sciesp, acredita que ter um fórum específico no Conaci é de suma importância para as mulheres por que hoje elas têm uma relevância muito grande nos negócios imobiliários. “Esse fórum vai agregar muito, pois propiciará contatos entre mulheres de diferentes Estados, que podem resultar até em negócios. Um intercâmbio muito salutar, que começa já entre as próprias coordenadoras do Fórum, que representam seis diferentes regiões do País”, ressalta Isa.

 

                                             © Copyright 2016 .:XXVI CONACI:. Todos os direitos reservados.